Mil Vezes Boa Noite

    Origem: Noruega
    Ano: 2013
    Direção: Erik Poppe
    Roteiro: Erik Poppe, Harald Rosenløw-Eeg, Kirsten Sheridan
    Produção: Coproducción Noruega-Irlanda-Suecia; Zentropa International Sweden / Film i Väst
    Elenco: Nikolaj Coster-Waldau, Juliette Binoche, Maria Doyle Kennedy, Lauryn Canny, Chloë Annett, Larry Mullen Jr., Eve Macklin, Mads Ousdal, Denise McCormack, Carl Shaaban, Stephen Mullan, Bush Moukarzel, Anna Leah Thorseth Poppe.
    Gênero: Drama
    Classificação: Não recomendada para menores de 16 anos.
    Duração: 117 min.

    Mil Vezes Boa Noite

    A vida é composta de relações humanas complexas e difíceis decisões que convergem em algum momento da vida. Isto é o que aconteceu com um correspondente de guerra em um dos conflitos armados mais recentes, e que são retratados em “Tusen Ganger God Natt”.

    Neste filme, a atriz francesa Juliette Binoche fica na pele de um fotojornalista que trabalha como correspondente de guerra; portanto, sua vida diária é baseada em disparar a Câmera retratando os horrores da guerra, em meio ao enorme risco para sua integridade física.

    Mil Vezes Boa Noite

    A parte inicial deste filme norueguês tem lugar no cenário de guerra que se tornou Cabul desde a invasão de Estados Unidos lá pelo início de 2002, após os ataques terroristas de 11 de setembro. Lá, Rebecca (Binoche) é ferida em uma explosão, uma situação que estava prestes a matá-la e, naturalmente, também teve efeitos colaterais sobre a sua família, que já não toleram o perigo extremo em que opera a repórter.

    Após esta situação de risco intenso, Rebecca tem que tomar uma decisão, uma vez que sua família (seu marido e seu filho), impõe um ultimatum para ela: ou eles ou a guerra.

    Retratando o drama humano em sua concepção mais primitiva, a violência e destruição causadas pela guerra, a protagonista se pergunta se realmente seu trabalho é simplesmente um exercício vazio ou é útil para gerar a discussão. Ou seja, se o trabalho pode provocar mudanças na sociedade em face dos conflitos armados, de forma a dar um impulso aos governos para lutar pela paz o tempo tudo.

    Mil Vezes Boa Noite

    O filme foi dirigido pelo norueguês Erik Poppe, alguém que se atreveu a entrar na realização, porque ele sabe e muito sobre o que significa cobrir uma guerra. No passado, ele serviu como um correspondente de guerra para a Agência Reuters, muitos dos acontecimentos vivido por ele no Afeganistão são refleitas no filme.