A Órfã

    Origem: Estados Unidos e Canada
    Ano: 2009
    Direção: Jaume Collet-Serra
    Roteiro: Alex Mace. David Johnson
    Produção: Dark Castle Entertainment, Appian Way, Studio Babelsberg Motion Pictures
    Elenco: CCH Pounder, Isabelle Fuhrman, Peter Sarsgaard, Vera Farmiga.
    Gênero: Drama, Mistério, Suspense, Terror
    Classificação: 14 anos.
    Duração: 123 min.

    A Órfã

    É a história de um casal que, depois de perder um filho ainda por nascer, tenta reconstruir seu casamento adotando uma menina que pode ocupar o vazio deixado por sua perda, apesar de ter dois filhos. Esta família não imagina o segredo que mantém a menina órfã que eles adotam.

    A Órfã

    Sob a produção de Joel Silver, Susan Downey, Leonardo DiCaprio e Jennifer Davisson Killoran, “A Orfã” tem a participação de Vera Farmiga, Peter Sarsgaard e Isabelle Fuhrman como atores principais, além das performances de CCH Pounder, Jimmy Bennet e Aryana Engineer.

    Kate (Vera Farmiga) é uma mulher com certos problemas de controle de álcool, depressão e assombrada pelos fantasmas do passado. John (Peter Sarsgaard) é um arquiteto com certos defeitos que não ajudam a manter um bom relacionamento com sua esposa. É um casal um pouco instável que tenta ter sucesso apesar dos problemas que têm e os defeitos de cada um.

    A Órfã

    Kate sente que John é parcialmente responsável pela perda do feto e não pode parar de ter pesadelos. Quando John e Kate decidem tentar recuperar a normalidade em suas vidas adotando uma criança de 9 anos do orfanato local, começam a sentir uma estranha atração por ela. Mas Esther (Isabelle Fuhrman) esconde um segredo escuro por trás de sua aparência encantadora.

    Depois de que Kate e John levaram Esther para sua nova casa, começam a acontecer fatos notavelmente estranhos e Kate acha que há algo errado com Esther, mas ninguém presta atenção, porque ela não tem bons antecedentes por causa de seus problemas com o álcool.

    A Órfã

    Daniel é o filho mais velho do casal e Max, a irmã mais nova, é surda-muda. Ambos começam a ter problemas com Esther, quem engana com sua aparência doce e angelical de garota inteligente e boa, mas realmente é maléfica até o mais profundo e tem um segredo que irá destruir as esperanças do fraco casal.

    Os personagens de “A Órfã” conseguem desenvolver um ambiente de tensão e medo que procura o diretor com um thriller psicológico que se transforma em um filme de terror sem cair no convencional, porque o segredo por trás de Esther é facilmente descoberto.