À Espera de Um Milagre

    Origem: Estados Unidos
    Ano: 1999
    Direção: Frank Darabont
    Roteiro: Frank Darabont, Stephen King.
    Produção: Castle Rock Entertainment, Darkwoods Productions, Warner Bros.
    Elenco: Barry Pepper, Dabbs Greer, David Morse, Doug Hutchison, Eve Brent, Jeffrey DeMunn, Michael Clarke Duncan, Sam Rockwell, Tom Hanks.
    Gênero: Crime, Drama, Fantasia
    Classificação: 14 anos
    Duração: 189 min.

    The Green Mile

    “À Espera de Um Milagre” ou “The Green Mile” é um filme americano lançado em 1999, escrito, produzido e dirigido por Frank Darabont, baseado no romance de Stephen King “O Corredor da Morte”. No ano 2000 foi premiada com o Prêmio Saturno de Melhor Filme Melhor Ator Coadjuvante (Michael Clarke Duncan), também foi nomeada para vários Oscars, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Som.

    O velho Paul Edgecomb (Dabbs Greer), residente em uma casa de repouso, decide contar a sua amiga Eli (Eve Brent), em episódio que marcou sua vida, quando era um jovem oficial do “Corredor da Morte” ou “A Milha Verde”, como chamavam-lhe, o salão cujas celas encerravam os condenados à cadeira elétrica, na penitenciária de Cold Mountain, durante a época da grande depressão.

    The green mile

    O jovem Paul (Tom Hanks) estava sofrendo uma infecção urinária que lhe causou desconforto durante o horário de trabalho. Na Milha Verde, Paul e os outros oficiais, Brutus Howell (David Morse), Harry Terwilliger (Jeffrey DeMunn) e Dean Stanton (Barry Pepper) esperavam a chegada de John Coffey (Michael Clarke Duncan), um homem acusado de estupro e assassinato a duas irmãs pequenas.

    No entanto, sendo escoltado pelo detestável oficial Percy Wetmore (Doug Hutchison), Paul e os outros percebem que, embora a aparência de Coffey é intimidante por causa de seu enorme tamanho e musculatura, ele demonstra uma personalidade submissa e respeitosa, beirando quase um retardo mental, de modo que torna estranho que este homem seja o responsável da terrível massacre de duas meninas.

    Ao longo dos anos na milha verde é bastante doloroso, dado que todos os prisioneiros lá, inevitavelmente estão condenados a morrer na cadeira elétrica, então os oficiais fazem de tudo para mantê-los sempre serenos e no maior silêncio possível, exceto para Percy, que parece sentir um prazer especial em assediar os condenados e infringi lhes a maior humilhação possível, gerando desprezo de seus colegas e do Diretor do Instituto, Harold Moores (James Crowell).

    The Green Mile

    Em uma ocasião, um incidente ocorre ao escoltar um perigoso criminal, Billy “The Kid” Wharton (Sam Rockwell), que, embora a princípio ele fingiu não estar ciente por causa das drogas, na realidade estava esperando que seus carcereiros negligenciar e aproveita para se levantar e fazer um grande barulho para enfrenta-los. Consegue dar um soco preciso na parte inferior do abdome de Paul, que praticamente desmaiou.

    Nesse momento, John Coffey pede Paul para mover-se perto de sua cela, para fazer algo muito importante. Doendo, e não inteiramente confiante, Paul se próxima Coffey, e este agarra-lo com franqueza da parte ferida, aliviando o dor. Impressionado, Paul ganha uma cura total e descobre os poderes curativos de John. Este fato incrível e os eventos que ocorrem naquele lugar sombrio, levar Paul e seus colegas, experimentar uma forte mudança em suas vidas.